Lobo em pele de cordeiro: 6 “antivírus” para Android que escondem perigos

Termil Informática Ltda - Tel:
Ir para o conteúdo

Lobo em pele de cordeiro: 6 “antivírus” para Android que escondem perigos

Termil Informatica Ltda
Publicado por Renato Soares · 10 Abril 2022

Após instalar os app que contêm ameaças, usuário passa a ter suas credenciais e informações financeiras roubadas por criminosos.

A loja oficial de apps do Android, a Google Play Store, continua tendo problemas com ferramentas disponíveis para download que podem ser verdadeiras ameaças aos usuários. O mais preocupante é que os aplicativos se disfarçam de antivírus e, depois de instalados, tornam-se verdadeiras pragas bancárias.
Leia mais: Lista celulares que não aceitarão o WhatsApp a partir do dia 30 de abril
Nesta semana, a empresa de segurança Check Point Software, identificou nada menos que 6 programas com malwares. Um deles é o Sharbot. Após instalá-lo no celular, o usuário passa a ter suas credenciais e informações financeiras roubadas.
O método utiliza do preenchimento de formulários capazes de roubar os dados das vítimas e usá-los em outras práticas criminosas.

Lista de 6 “antivírus” que são verdadeiras pragas bancárias
De acordo com a lista divulgada pela Check Point, as ferramentas que merecem atenção dos usuários são:
  1. Powerful Cleaner, Antivirus;
  2. Center Security – Antivirus;
  3. Center Security – Antivirus (mesmo nome do anterior, mas com outro ícone);
  4. Atom Clean-Booster, Antivirus;
  5. Antivirus, Super Cleaner; e
  6. Alpha Antivirus, Cleaner.

Aplicativos foram removidos da Play Store
Logo após identificar os aplicativos maliciosos, a Check Point encaminhou suas descobertas ao Google que, após uma análise dos dados, retirou as aplicações da Play Store imediatamente.
Por outro lado, milhares de pessoas ainda podem ter as ferramentas instaladas em seus aparelhos. Neste caso, a recomendação é que eles sejam removidos o quanto antes e, em seguida, seja feita uma limpeza para remover qualquer resquício da ameaça.


Não há comentário ainda.
0
0
0
0
0
Voltar para o conteúdo